POSTS RECENTES

inove

Recomentações de Reeducaç...

MUDANÇA DE HÁBITOS ALIMEN...

Novo look!!!!!!!!

...

...

...

...

...

...

POST ANTIGOS

Setembro 2011

Maio 2008

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Sábado, 15 de Setembro de 2007

...

 

2º 3º 4º 5º 6º e 7º mês de pura felicidade



31 semanas de Gestação

 

Não vejo a hora logo da Giovanna nascer, estou tão ansiosa ultimamente, quero pegar logo minha pequena no colo.

Por mais que goste da ideia de estar grávida e ter planejado isso, ainda não sinto aquele felling, ah aquele sentimento mesmo de mãe, de querer cuidar de alguém, na verdade não me sinto capaz de cuidar dela ainda, não mesmo.

Mas esperança que este sentimento e segurança apareça logo que ela nascer, vou dar o meu melhor para que tudo corra bem e que ela seja muito bem tratada e feliz.

Me dizeram que quando nasce uma criança nasce uma mãe junto, estou confiante nesse pensamento..........


Marcia Melo às 23:05

link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 11 de Setembro de 2007

Revolta com erros médicos!!!!

Esta semana aconteceu algo muito chato comigo, estou p... da vida com a situação!!!!!

 

        As minhas consultas no centro de saúde é mensalmente, nessa consultas normalmente é feito um exame de urina, peso, pressão, medir o tamanho da barriga e ouvir o coração do bebê.

        Oque aconteceu é que nas minhas duas ultimas consultas o exame  de urina feito lá no centro de saúde( o teste consiste em molher um cartãozinho colorido na urina, depois colocam num aparelho lá)

        Bom, nas minhas últimas consultas a médica ,segundo este exames, me informou que estava com infecção urinaria. Me fez varias perguntas tipo: coceira, corrimento, cheiro forte, cor da urina.... eu expliquei que não tinha sintoma nenhum que indicasse a infecção, a não ser o valor que a maquina acusava a minha urina.

           Mesmo assim ela me passou um tratamento a base  de antibiotico por 12 dias, a seguir o tratamente teria que esperar mais 10 dias e refazer outro exame de urina, mas desta vez num laboratorio.

             Passado os 10 dias fui no Instituto Ricardo Jorge ( muito bom) e fiz o exame, não passou nem uma exame já fui na consulta com a médica novamente.

          Ela como rotina foi fazer aquele exame básico de urina lá no centro e acusou a infecção novamente.  Eu estranhei pois tinha feito o tratamento certinho, e estava com o resultado do exame de urina feito no laboratório depois do tratamento lá comigo, o qual não acusava infecção alguma!!!!!!!!!!!!

              Ela insistia que estava com a infeção, pediu para eu refazer outro exame em laboratório, eu fiqeui tão preocupa que sai em seguida a consulta e fiz outro exame,

              Para vcs entenderem melhor, eu tinha acabado de fazer um exame no centro de saúde e acusou a infecção, sai de lá, e fiz outro exame com a próxima urina a seguir o exame do centro de saúde,

                                   E vcs acreditam que não acusou infecção nenhuma.

               A maquina da médica estava estragada, e acusa infecção sem haver nada.

Estou tão revoltada por ter feito um tratamento com antibiotico sem necessidade alguma.

Mamães tomem muito cuidado com os médicos, quando estranharem alguma coisa, mas vale pedir uma segunda opinião médica!!!

 


Marcia Melo às 17:11

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 6 de Setembro de 2007

Ecografia 29 semanas

 

29 semanas e 5 dias, esta é a ecografia da Giovanna!!!!

Mal ela apareceu na tela, com o rosto bem estampado na tela toda, o pai dela reconheceu logo que era o rostinho dela, e já dizia, "é linda, olhem, que linda"

Foi muito legal, pois dava para a gente que é leigo perceber bem oque era oque, o rostinho dela o melhor de ver.

Tem o nariz pequeninho, bochechinha fofa.

Estava com quase 1.900, muito pesadinha pro meu gosto, mas oque importa e que ela estava muito bem e saudavel.


Marcia Melo às 23:13

link do post | comentar | favorito

Domingo, 2 de Setembro de 2007

...

Lilypie Expecting a baby Ticker


Manual de remédios caseiros da vovó

Como já disse antes, eu não tenho experiencia com bebês, por isso tenho feito pesquisas e pesquisas, sobre, gestação, bebês, cuidadades, nutrição bla bla bla....

Achei este texto muito legal, que traz várias dicas de remédios caseiros para cuidar melhor do seu bebê, deixo aqui para vocês.

 

Por mais que a medicina e a ciência evoluam, muitas receitinhas domésticas para aliviar todo tipo de incômodo do bebê resistem ao tempo.
O motivo é muito simples: até os médicos concordam que funcionam

Canja de galinha, papa de arroz, fiapinho úmido para conter soluço e outros remedinhos que nossas avós usavam competem em pé de igualdade - e até com superioridade - com algumas das avançadas fórmulas que lotam as prateleiras das farmácias.

A maior vantagem é a de apresentar efeitos colaterais bem suaves, enquanto os medicamentos industrializados, dependendo do caso, podem provocar reações adversas.

Criados intuitivamente, muitos desses remédios caseiros utilizam com sabedoria as propriedades benéficas de alimentos e plantas - hoje reconhecidas pela ciência. Mas, acima de tudo, têm um ingrediente imbatível: o amor e a atenção dos pais. Muitas vezes, não é o chazinho que acalma a criança, mas, sim, o fato de ela se sentir alvo de carinho e atenção.

Claro que, quando se trata da saúde do bebê, não se pode bobear. Não é o caso de ligar para o pediatra diante de qualquer crise de soluço, mas também não se deve ignorar que alguns incômodos talvez sejam o primeiro sinal de um problema mais sério.

Por isso, o pediatra que acompanha seu filho deve ser consultado sempre. Lembre-se de que os remédios caseiros fazem efeito justamente por não serem de todo inócuos - alguns, consumidos em excesso, podem causar alergias e intoxicações.

Cuidado também com a conservação: por não conterem conservantes, são mais sujeitos a fungos e bactérias. Por isso, prepare as suas "poções" sempre em pequenas quantidades para uso rápido.

Papinha de arroz para reidratar em caso de diarréia

Cozinhe o arroz como de costume, desligando o fogo antes que a água seque por completo.

• Por que funciona: A papinha atua mais ou menos como o soro caseiro, feito à base de água, sal e açúcar. Também na papa entram sal e água. O açúcar fica por conta dos carboidratos do arroz.
Indicação: Para crianças que já se alimentam com papinhas salgadas, normalmente acima dos 6 meses.
• Não há riscos


Papinha ou suco de maçã contra diarréia

Para a papinha, basta raspar a polpa da fruta com uma colher e oferecê-la à criança. Para o suco, bata a fruta, sem casca e sem sementes, com água no liquidificador. Coe antes de servir.

• Por que funciona: A maçã contém fibra solúvel e absorve água durante o trânsito intestinal. Com isso, no processo de digestão, ela se transforma em um gel pastoso, que deixa as fezes mais espessas e reduz a velocidade da evacuação.
Indicação: Para crianças que já se alimentam com sucos e papinhas doces, normalmente após os 6 meses.
• Não há riscos

Água com açúcar para acalmar

Misture, em meio copo de água filtrada, uma colher de sobremesa de açúcar.

• Por que funciona: Em situações de stress, o organismo libera um hormônio, a adrenalina, que estimula o metabolismo e leva a um consumo maior da glicose - cuja taxa ficará reduzida no sangue. A água com açúcar repõe a glicose perdida, proporcionando uma sensação imediata de bem-estar.
Indicação: Para crianças que já se alimentam com sucos, normalmente acima dos 6 meses.
Riscos: O açúcar pode ficar depositado nos dentes da criança, aumentando o risco de cáries. Além disso, no primeiro ano, o ideal é que o bebê se habitue a consumir apenas o açúcar natural das frutas

 


Marcia Melo às 14:12

link do post | comentar | favorito

Sábado, 1 de Setembro de 2007

7º MESES DE FELICIDADE (e engorda)


Marcia Melo às 14:46

link do post | comentar | favorito

CONTINUAÇÃO ...REMÉDIO CASEIRO DA VOVÓ

Azeite para soltar o intestino


Entre 6 meses e 1 ano, basta uma colher de café. Para crianças acima de 1 ano, a dose é de uma colher de sobremesa de azeite.
 
Por que funciona: O óleo não é absorvido pelo intestino e funciona como lubrificante da mucosa intestinal.
Indicação: Para crianças que já se alimentam com papinhas, normalmente acima dos 6 meses.
Riscos: O uso prolongado do azeite pode impedir a absorção de nutrientes solúveis em água, como as vitaminas do complexo B, cuja deficiência causa irritações na pele e nas mucosas dos olhos e da boca.

Gelo e faca sobre batidas para aliviar a dor e impedir a formação de manchas roxas e inchaços

Manda a tradição que se aplique uma compressa de gelo no local da batida. Outra opção é substituir a compressa por uma faca sem corte nem serra, pressionando-a levemente, por alguns minutos, contra o local afetado.

• Por que funciona: É a temperatura do gelo e da faca que faz a diferença. Com a batida, ocorre um sangramento por baixo da pele, causador do popular galo. O frio provoca uma vasoconstrição, impedindo o sangue de se acumular na região.
Indicação: A partir do nascimento.
• Não há Riscos

Mel para aliviar a tosse e ajudar na expectoração

Funciona como xarope e pode ser misturado com folhas de guaco ou oferecido puro. Coloque uma colher de sopa de folhas de guaco, lavadas e picadas, em uma xícara de água fervente, abafando por cerca de dez minutos.
Coe e adicione uma xícara de chá de açúcar cristal. Aqueça novamente, até dissolver o açúcar, e acrescente uma colher de sopa bem cheia de mel. Deixe esfriar e guarde em vidro esterilizado, seco e bem fechado.
Banho morno para baixar a febre

A água deve estar com temperatura em torno de 25 ºC. Outra opção é aplicar compressas embebidas também em água na mesma temperatura.
Por que funciona: A febre é resultado de um comando do cérebro, que faz o organismo aumentar a temperatura corporal a fim de combater um agente estranho. Em contato com um meio externo mais frio, como a água, o organismo automaticamente regula a temperatura, fazendo a febre baixar.
Indicação: A partir do nascimento.
Riscos: O choque térmico ajuda a aplacar a febre, mas é preciso descobrir a causa das altas temperaturas.

Massagens para aliviar a cólica

Basta friccionar o abdome do bebê, com movimentos circulares lentos, em sentido horário. O ideal é fazer a massagem com os dedos anular, médio e indicador, repetindo a manobra de 80 a 100 vezes.
Por que funciona: A massagem provoca um aquecimento local, que faz a musculatura relaxar. Como conseqüência, a dor dá uma trégua. A compressão leve do abdome também facilita a eliminação dos gases causadores da cólica.
Indicação: A partir do nascimento.
• Não há Riscos
 
SOLUÇOS
Colocar uma bolinha de algodão ou um pedaço de linha vermelha umedecidos no centro da testa do bebê para acalmar o soluço

Por que funciona: Soluços são freqüentes em bebês até 3 meses porque o nervo responsável por essa reação ainda é muito sensível. A bolinha de algodão e a linha não possuem propriedades calmantes. Mas a atenção que os pais dispensam ao bebê no momento do ritual pode ser a razão da eficácia da simpatia. Para a medicina tradicional chinesa, há outra explicação: o centro da testa é a "porta da cabeça" e sua estimulação produz efeito calmante.
• Indicação: A partir do nascimento.
• Não há Riscos


Ameixa-preta para soltar o intestino

Lave bem três ameixas e bata no liquidificador. Coe e ofereça uma colher de sobremesa ao bebê duas vezes por dia.

Por que funciona: A ameixa é rica em fibras, que estimulam os movimentos do intestino, favorecendo a evacuação.
Indicação: Para crianças acima dos 6 meses.
• Não há Riscos


Leite materno para tratar de conjuntivite em bebês

Duas ou três gotas podem ser aplicadas sobre a região afetada.

Por que funciona: O leite materno possui ação bactericida. Como esse efeito é bastante suave, o uso não acarreta alergias ou irritações.
Indicação: A partir do nascimento.
• Não há Riscos


PESQUISAR

 

Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


tags

todas as tags

LINKS LEGAIS

blogs SAPO

subscrever feeds